Carnaval em Podence

Vestígios de cultos a Saturno, deus romano das sementeiras

Toca a fugir raparigas, vêm aí os caretos!

Os caretos são “diabos à solta” pela aleia de Povence à procura das raparigas solteiras para as assediar com as suas danças frenéticas – o chocalhar.

Usam uma máscara, trajes coloridos feitos em lã ou linho a esconder o corpo e à cintura uma roda de chocalhos de metal que agitam numa dança demoníaca enquanto perseguem as raparigas solteiras. Antigamente, em tempos de costumes mais brandos, elas escondiam-se em casa para escapar aos dejectos, cinzas, peles de coelho ou bexigas de porco que os homens da aldeia endiabrados lhes atiravam acima. Agora elas não se escondem e dançam com os caretos na ruas agitando as ancas ao mesmo ritmo. Debaixo das máscaras cerca de quatrocentos homens da aldeia lançam-se em excessos que só o Carnaval permite.

Pelo calendário religioso marcam o início da Quaresma, período de calma que antecede a Páscoa. Pelo calendário profano marcam o fim dos rigores de Inverno face à chegada do renascimento que vem com a  Primavera, marcam  as a homenagem a Saturno, deus das sementeiras, culto deixado pelo Império romano em Povence. Aldeia de economia baseada na agricultura de subsistência, fez chegar a até nós este culto que noutros lugares se terá perdido por ter perdido a função numa sociedade depois menos rural. Estas festas de Saturno chegaram até nós com o tumulto e a energia dos homens de uma sociedade agrícola a prestarem homenagem ao deus da fertilidade e das sementes, vibrando como se jorrassem sémen assim os homens ainda correm e percorrem as ruas da aldeia para fustigar as raparigas agora destemidas que entram na dança frenética e sensual.

Faz parte de uma memória, como teatros romanos, estradas, pontes, termas, aquedutos e até templos deixados pelos romanos. Mas em vez de ruínas, são memórias vivas que correm no sangue dos habitantes de Povence que todos os anos repetem o ritual como convém nas homenagens divinas, organizadas na forma de religião, ou pura e simplesmente pagãs, como uma espécie de crença em estado bruto. Puro e perfeito teatro de emoções.

video

Caretos de Podence
 

Posted on February 17, 2015 .